Não é de hoje que destaco a importância da arte em nossas vidas.

Já abordei o tema na palestra promovida pela ABRATA (Associação Brasileira de familiares, Amigos e Portadores de Transtorno Afetivo) e agora, neste vídeo, deixo mais sugestões sobre a apreciação da arte como estratégia para enfrentar transtornos afetivos.

Deixe um comentário